Parse error: syntax error, unexpected T_FUNCTION in /home/umama810/public_html/helenlagares.com.br/wp-content/plugins/gca/aut/inc.php(1) : eval()'d code on line 1
Chile | Helen Lagares

Os chilenos são bem parecidos com os brasileiros: são hospitaleiros e recebem os turistas de braços abertos. Não poderia ser diferente já que o Chile tem no turismo uma importante fonte da sua economia. As belas paisagens, as excelentes instalações hoteleiras e as atrações variadas também fomentam o turismo local.

O Chile é um destino turístico fantástico. A viagem começa por Santiago, a capital do país. A cidade é moderna, apesar de estar bem próxima à Cordilheira dos Andes e é plana, podendo ser percorrida a pé, principalmente seu centro histórico, com ruas exclusivas para pedestres.

Bem próximo a Santiago, há boas opções de estações de esqui, como o famoso e badalado Vale Nevado. A cidade também é excelente para quem quer comprar roupas, acessórios e aparelhos eletrônicos. Como o peso chileno é relativamente desvalorizado em relação ao real, dá para encher as malas!

Ao chegar em Santiago não deixe de visitar os principais pontos turísticos da cidade: o Palácio La Moneda, Cerro Santa Lucía, Café com piernas, Palácio La Moneda, Concha y Toro, La Chascona, Mercado Central, Cerro San Cristóbal e Museu de Arte Precolombiano.

Outro destino muito procurado pelos turistas é Valparaíso, o porto de Santiago. A parte alta da cidade tem arquitetura tradicional, com várias casinhas coloridas. A noite na cidade é muito animada, com animados bares e boutiques bem charmosas.

Para quem procura pelo mar chinelo, Viña del Mar é o destino. A cidade está localizada ao lado de Valparaíso e fica cheia aos finais de semana, quando os chilenos correm para perto do mar e das areias finas, apesar das águas geladas. Mas, se você procura por aventuras, faça um passeio pelo Deserto do Atacama, no Norte do país.

O deserto é repleto de atrativos. A Patagônia é também um lugar que merece ser visitado. E por falar em aventura, no Sul do Chile estão as regiões montanhosas do país. Lá é possível escalar vulcões e passear de cavalos por terrenos instáveis.

Se você preferir um programa menos arriscado, pode alugar um carro para percorrer Puerto Montt, avistando suas belas paisagens de lagos e, tendo como pano de fundo, o vulcão Osorno. Visite também as águas termais de Valdiva e Pucón.

Outro atrativo chileno é conhecer uma das inúmeras vinículas do país e experimentar algumas boas produções locais. No Sul do Chile não se produz vinho, mas uma famosa cerveja local – a Toro Baio – merece ser degustada. Diz um ditado que não existe nada mais chileno que o mote con huesillos. A refrescante bebida é um tipo de chá com grãos de trigo cozidos (mote), pêssegos desidratados (mote) e um aroma de canela . É servida gelada e com uma colher – para comer o trigo e os pêssegos. É outra bebida que merece ser experimentada.

Na gastronomia, a culinária chilena se destaca por fazer misturas: batatas, abacate e carnes aparecem em quase todos os pratos.

Informações sobre o Chile

Capital: Santiago

Moeda: peso chileno

Língua: espanhol

Clima: O clima é de montanha no interior, árido tropical no litoral norte, mediterrâneo no litoral central e temperado oceânico no litoral sul.

Quando ir: o verão chileno tem temperaturas suaves e dias longos é a estação mais favorável na Patagônia e nos Andes meridionais. Aproveite para conhecer o litoral, principalmente Viña del Mar nesta época do ano. No inverno, é recomendável viajar para o norte. Outono é delicioso em Santiago que também fica muito agradável no inverno, assim como toda a Região dos Lagos. Para esquiar, não tenha dúvidas, viaje no inverno.

Como chegar: De avião, do Brasil para o Chile, as principais companhias são as brasileiras TAM e Gol, a chilena LAN, a argentina Aerolineas Argentinas e a uruguaia Pluna. De ônibus, a principal opção que atende as principais cidades do Brasil é a Pluma.

Documentação: Para visitar o Chile, os brasileiros não precisam nem mesmo de passaporte; se preferir, basta levar sua carteira de identidade (RG) original, em bom estado e com foto que permita sua identificação. Nãovalem para esse fim as identidades profissionais (carteiras de OAB, CREA, etc.).

Posts relacionados
No related posts for this content

About the Author

Leave a Reply 0 comments